Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre o começo e o fim...

Porque a vida não acaba quando o cancro começa... Simplesmente recomeça...

Entre o começo e o fim...

Porque a vida não acaba quando o cancro começa... Simplesmente recomeça...

07.08.18

Sorte...

Cristina Ferreira
      Tudo é de facto uma questão de perspetiva...   Numa "aberrante" cirurgia há sorte... Ser possível fazer cirurgia é uma sorte...  Ter sido atempadamente diagnosticado foi uma sorte. Viver num país onde o acesso à saúde é simples é sorte...   Sim, existe uma lista de espera. Mas, pelo menos, existe uma lista...    
31.07.18

A minha vida? Ou uma história?

Cristina Ferreira
    O tempo passa e eu quase deixo de acreditar...  A minha vida continua como se nada de novo ou de diferente nela houvesse. Aguardo a chegada da cirurgia. Parei de pesquisar. Finjo que já tudo passou, finjo que está tudo bem outra vez. Chego até ao cúmulo de me perguntar, uma e outra e outra vez, se tudo não terá sido afinal, apenas e só, fruto da minha imaginação!  Os "últimos meses" são a minha história ou apenas a de alguma personagem de um livro que eu li ou de (...)
29.07.18

Perspectiva...

Cristina Ferreira
    Tudo na vida é mera questão de perspetiva... Não, não acredito que haja algo de bom em todas e quaisquer situações. No entanto, é tudo uma questão de perspetiva: tudo podia realmente ser pior... Muito pior...  
27.07.18

Acordar...

Cristina Ferreira
    Acordo lentamente na penumbra do quarto. Sinto a sua presença ao meu lado. Ouço-o sonolento bocejar. Também já está a acordar. Lentamente, muito lentamente, move-se... Enrosca-se em mim num abraço apertado, ternurento e sincero. Fecho novamente os meus olhos. Suspiro profundamente... Descontraio... Solto-me... Relaxo... Sinto a mão dele na minha mão. Delicio-me no conforto que é ser envolvida na proteção do seu abraço. Não estou sozinha. "Vai correr tudo bem..." (...)
23.07.18

STOP!

Cristina Ferreira
    Não me lembro quando entrei neste ciclo louco e contante de listas, listas e mais listas...  Constantemente, escritas ou apenas mentalmente ordenadas, listas e mais listas de coisas a fazer e tarefas a cumprir! Sempre acelerada, sem ter tempo para nada... Sem conseguir parar sequer para pensar...   No inicio de mais uma semana, pergunto-me se ISTO TUDO não será apenas A VIDA a erguer frente aos meus olhos um gigantesco sinal de STOP para me obrigar a abrandar...