Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre o começo e o fim...

Porque a vida não acaba quando o cancro começa... Simplesmente recomeça...

Entre o começo e o fim...

Porque a vida não acaba quando o cancro começa... Simplesmente recomeça...

27.11.18

Sim, está tudo bem...

Cristina Ferreira
  "Sim, está tudo bem..." é a frase que mais frequentemente os meus lábios pronunciam. O sorriso confiante que exibem esconde e recalca a dor que eu ainda sinto por dentro... Mais do que por mim, por eles, por aqueles que estiveram e continuam a estar sempre do meu lado: eu sou forte, eu sou sempre forte! E ser forte implica sorrir. Sorrir sempre, sorrir a cada dia, sorrir dia após dia... Agradecer a sua presença, o seu apoio, o seu carinho presenteando-os com os meus mais belos (...)
06.09.18

E finalmente fui convocada...

Cristina Ferreira
    Sim desta vez é oficial: finalmente fui convocada! Uma senhora com voz simpática e paciente ligou-me do IPO convocando-me para os próximos procedimentos...   Deverei apresentar-me, no IPO, no dia 10 de setembro pelas 8h30 da manhã. Deverei chegar em jejum pois, para o primeiro procedimento do dia, ser-me-á solicitado o meu sangue para analise... Em seguida, serei momentaneamente libertada para ir tomar um merecido pequeno almoço. Após essa ilusória e curta pausa, (...)
05.09.18

Lotaria macabra...

Cristina Ferreira
    Primeiro vem o medo. Chega de repente, entra de rompante e vem de mão dada com o pânico. Depois sorrateiramente entra a culpa que vasculha minuciosamente na minha história de vida... "Que terei eu feito de errado para merecer isto...?" Informo-me, pesquiso... A necessidade doentia de justificação que sinto crescer dentro de mim sufoca-me...   Os dias passam e, finalmente, compreendo que... NADA! Simplesmente nada posso fazer para mudar isto, simplesmente nada fiz para merecer
03.09.18

13 de setembro

Cristina Ferreira
    Repito baixinho: "13 de setembro, 13 de setembro, 13 de setembro..." 13 de setembro mas podia ser 11 de setembro ou outro qualquer dia de setembro ou de outro mês qualquer...   A 11 de setembro de 2001 eu estava no início da gravidez do meu primeiro filho... Grávida de 2 meses, eu ainda estava de férias e passeava pela Serra da Estrela... Foi ao entrar para lanchar, algures por lá, numa pastelaria cujo nome ou local seria hoje incapaz de recordar, que fomos bombardeados (...)
16.08.18

O stress? Oh esse malvado!

Cristina Ferreira
      Li algures que um nodulo só se consegue detetar ao toque quando já tem pelo menos 1 cm. Li algures que um nodulo de 1 cm poderá já ter mais ou menos 10 anos de existência... O meu nódulo tem 2 cm, logo a sua existência terá começado há mais de 10 anos...? Ninguém sabe... Onde estava eu há 10 anos atrás? A nível profissional estava por conta própria, sem horários e com demasiadas responsabilidades. Vivia numa correria constante da qual nunca conseguia desligar. (...)
02.08.18

Corajosa ou medricas?

Cristina Ferreira
    Não, eu nunca pertenci ao grupo das corajosas. Se houvesse um adjetivo para definir o que se é quando se é precisamente o oposto de corajosa... Se houvesse um adjetivo para definir o que se é quando se é aquele oposto colocado numa escala, muitos e muitos degraus abaixo da medricas, seria nesse grupo que eu me incluiria. Sim: degraus e degraus abaixo da medricas!   Perante esta nova situação (sim hoje vou apenas e só chamar-lhe "nova situação") que me faz morrer de medo (...)
27.07.18

Acordar...

Cristina Ferreira
    Acordo lentamente na penumbra do quarto. Sinto a sua presença ao meu lado. Ouço-o sonolento bocejar. Também já está a acordar. Lentamente, muito lentamente, move-se... Enrosca-se em mim num abraço apertado, ternurento e sincero. Fecho novamente os meus olhos. Suspiro profundamente... Descontraio... Solto-me... Relaxo... Sinto a mão dele na minha mão. Delicio-me no conforto que é ser envolvida na proteção do seu abraço. Não estou sozinha. "Vai correr tudo bem..." (...)
20.07.18

Um pedaço de mim...

Cristina Ferreira
     A espera continua... Continua a espera... Aguardo pacientemente a data da cirurgia... Final de agosto, quiçá?   A vida continua...  Seguem-se os minutos, as horas, os dias...  Continua a rotina... Aparentemente tranquila a rotina...   Às vezes choro, às vezes rio... Nos momentos em que me "distraio"? Tudo volta a ser uma impossível mentira... Qual piada de mau gosto ou pesadelo mal arquivado...   Quero fingir que nada se passa ... Preciso fingir que não se passa nada...
19.07.18

A importância do exercício físico e o Risco de Cancro da Mama...?

Cristina Ferreira
    Nunca frequentei qualquer desporto escolar. Nunca tive a oportunidade de fazer ballet, dança contemporânea ou ginástica rítmica... Fui apenas uma das muitas crianças da minha geração que corria na rua e andava de bicicleta. Posso considerar isso desporto infantil?...   Comecei a correr esporadicamente depois dos 20 anos. Mantive sempre os passeios de bicicleta. Por volta dos 30, comecei a correr semanalmente. Antes dos 40 já corria 20 minutos diariamente. Aos 41, (...)
18.07.18

A importancia da alimentação equilibrada e o Risco de Cancro de Mama?...

Cristina Ferreira
  Filha de ex-emigrantes que ao regressarem a Portugal abraçaram a agricultura, cresci na aldeia. As minhas refeições de adolescente eram tomadas na mesa da cozinha que estava sempre repleta de frutas e legumes... Aprendi desde cedo a não os dispensar: contam-se talvez pelos dedos de uma só mão, sim de uma só mão, os dias que posso eventualmente ter passado sem pelo menos uma peça de fruta ou pelo menos um tipo de legume inserido em sopa ou salada.   "Uma alimentação (...)