Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre o começo e o fim...

Porque a vida não acaba quando o cancro começa... Simplesmente recomeça...

Entre o começo e o fim...

Porque a vida não acaba quando o cancro começa... Simplesmente recomeça...

06.09.18

E finalmente fui convocada...

Cristina Ferreira
    Sim desta vez é oficial: finalmente fui convocada! Uma senhora com voz simpática e paciente ligou-me do IPO convocando-me para os próximos procedimentos...   Deverei apresentar-me, no IPO, no dia 10 de setembro pelas 8h30 da manhã. Deverei chegar em jejum pois, para o primeiro procedimento do dia, ser-me-á solicitado o meu sangue para analise... Em seguida, serei momentaneamente libertada para ir tomar um merecido pequeno almoço. Após essa ilusória e curta pausa, (...)
03.09.18

13 de setembro

Cristina Ferreira
    Repito baixinho: "13 de setembro, 13 de setembro, 13 de setembro..." 13 de setembro mas podia ser 11 de setembro ou outro qualquer dia de setembro ou de outro mês qualquer...   A 11 de setembro de 2001 eu estava no início da gravidez do meu primeiro filho... Grávida de 2 meses, eu ainda estava de férias e passeava pela Serra da Estrela... Foi ao entrar para lanchar, algures por lá, numa pastelaria cujo nome ou local seria hoje incapaz de recordar, que fomos bombardeados (...)
28.08.18

A viagem...

Cristina Ferreira
      Sento-me junto à janela. Encantada, observo a paisagem. Lá em baixo, tudo pequeno e distante, lindo e insignificante. Súbita e inesperadamente, sou invadida por uma estranha leveza. Tranquila e serena, fecho os olhos entregando-me ao embalar suave do balançar do avião...   Saboreio antecipadamente a pausa. Afasto-me. A minha vida fica a aguardar lá em baixo.  Pausa. Sou absorvida pelas nuvens brancas, brancas como puro algodão... Distraio-me... Observo-as imaginando (...)
20.07.18

Um pedaço de mim...

Cristina Ferreira
     A espera continua... Continua a espera... Aguardo pacientemente a data da cirurgia... Final de agosto, quiçá?   A vida continua...  Seguem-se os minutos, as horas, os dias...  Continua a rotina... Aparentemente tranquila a rotina...   Às vezes choro, às vezes rio... Nos momentos em que me "distraio"? Tudo volta a ser uma impossível mentira... Qual piada de mau gosto ou pesadelo mal arquivado...   Quero fingir que nada se passa ... Preciso fingir que não se passa nada...